Quanto custa criar um aplicativo?

Criar um aplicativo funcional, personalizado e que ainda consiga gerar lucro é um sonho de praticamente todas as empresas que tentam se destacar na multidão, em um mercado cada vez mais competitivo.

Quanto custa criar um aplicativo?
Não é a toa que o MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação) estima que, até 2017, o mercado de desenvolvimento de aplicativos no Brasil movimente mais de R$ 100 bilhões.
Mas afinal, quanto custa criar um aplicativo? 

Resposta rápida: Entre 4 mil e 100 mil reais. 
Resposta completa: Depende.
Os custos envolvidos para criar um aplicativo estão ligados a vários fatores, que incluem desde a sua plataforma (Android, IOS ou Windows Phone) até a complexidade de suas funcionalidades, como integração com outros sites e/ou  criação de perfis pelos usuários.
Por isso, definir um preço para criar um aplicativo sem antes fazer algumas perguntas é praticamente impossível.
Quais perguntas são essas?
1. Em qual plataforma o aplicativo vai funcionar?

Atualmente, as plataformas mais utilizadas para a criação de aplicativos são Android, IOS (iPhone e iPad) e Windows Phone. 
Aplicativos IOS geralmente são melhores para alcançar um público mais engajado e específico, que utilizam a Apple Store. Já os aplicativos para Android, por terem um alcance maior, também contam com uma concorrência mais acirrada. 
Na dúvida também é possível desenvolver versões universais, que funcionam em todas as plataformas.
2. Como será o Login dentro do aplicativo?

Dependendo do objetivo, os usuários podem precisar fazer um Login. Nestes casos, este pode ser por e-mail ou redes sociais
O Login pelas redes sociais geralmente são mais efetivos e agradáveis ao usuário. Porém essa função requer uma integração mais específica com as mídias sociais, como Facebook, Linkedin ou Instagram. 
Isso pode aumentar consideravelmente o custo do aplicativo e é por isso que muitas empresas que estão começando a escolher o Login por e-mail.
3. Os usuários terão um Perfil?

Funcionar como uma rede social, onde cada usuário tem um perfil personalizado, com certeza é um diferencial quando se fala em aplicativos.
Mas ter um perfil significa fornecer informações pessoais, o que pode ser um obstáculo dependendo do público para qual o aplicativo esta sendo desenvolvido.
4. Existirá algum sistema de ranking?

Sistemas de ranking – bastante comuns em aplicativos de classificados – podem variar em complexidade e, portanto, ter um impacto significativo no custo da criação do aplicativo.
5. O aplicativo terá que se conectar com algum website?

Integrar o aplicativo com um website requer a criação de um API (Application Programming Interface), que é a forma com que todos os aplicativos e sites de uma mesma empresa se comunicam entre si. 
O custo disso vai depender, basicamente, da capacidade de transmissão de dados e funcionalidades necessárias para que o aplicativo funcione da melhor forma possível.
6. Qual o nível de sofisticação do design

Criar um aplicativo sofisticado, cheio de ícones e botões personalizados necessita de recursos. E não é barato ser bonito!

Design de aplicativos


Sim, sabemos que pode ser difícil ter todas essas respostas, quando tudo o que você tem é uma ideia na cabeça. Por isso te convidamos a entrar em contato com a gente.

A partir de informações mais detalhadas, podemos avaliar com mais precisão os custos envolvidos para criar um aplicativo e então te enviar uma resposta mais sólida.